Coronavírus e diabetes: O que você precisa saber.

Coronavírus e diabetes: O que você precisa saber.
Coronavírus e diabetes: O que você precisa saber.

Um estudo realizado pelo JAMA (Journal of the American Medical Association) apontou que cerca de 35% das mortes por COVID-19 ocorridas na Itália entre os grupos de risco eram de pacientes com diabetes.

Sendo assim, achamos necessário esclarecer algumas dúvidas em relação ao coronavírus e o diabetes.

POR QUE AS PESSOAS COM DIABETES ESTÃO NO GRUPO DE MAIOR RISCO DE INFECÇÃO EM RELAÇÃO AO COVID-19?

 

Quem tem diabetes não tem maior risco de se contaminar pelo coronavírus, mas tem maior risco de complicações pela infecção.

 

TODA PESSOA COM DIABETES TEM IMUNIDADE BAIXA? A POUCA OU AUSÊNCIA DE INSULINA AFETA A IMUNIDADE?

 

A baixa imunidade está ligada à elevação do açúcar no sangue, não à falta de produção de insulina. A pessoa com diabetes que está muito acima do peso também pode ter a imunidade afetada por ter maior inflamação.

 

PESSOAS COM DIABETES CONTROLADO TÊM MENOS RISCO DE COMPLICAÇÕES RELACIONADAS AO CORONAVIRUS?

 

O risco de complicações pelo COVID-19 é muito menor e quase igual ao das pessoas sem diabetes se os níveis de açúcar no sangue estiverem controlados.

 

O RISCO DE COMPLICAÇÕES DO COVID-19 É MAIOR TANTO PARA QUEM TEM DIABETES TIPO 1 QUANTO TIPO 2?

 

O risco de complicações é maior para aqueles com 60 anos ou mais, com complicações do diabetes, com doenças concomitantes como a pressão alta e que estão com altos níveis de açúcar no sangue, independe do tipo de diabetes.

 

FAÇO TRATAMENTO PARA RESISTÊNCIA À INSULINA COM METFORMINA. TENHO MAIOR RISCO DE COMPLICAÇÕES PELO CORONAVÍRUS?

 

A pessoa que tem resistência à insulina, mas não tem diabetes, não está no grupo de risco para complicações.

 

PRÉ-DIABETES É CONSIDERADO GRUPO DE RISCO?

 

Não há dados disponíveis com nível de evidência que possa afirmar que pacientes pré-diabéticos tenham risco aumentado em face a uma infecção do corona vírus.

 

Deve se observar se o pré diabetes está presente em pessoas com outras patologias associadas e em idosos.

 

Orientamos que todos os pacientes, em risco ou não, devam seguir as mesmas orientações gerais para evitar o contágio e seguir todas as orientações das autoridades sanitárias vigentes.

Fonte: Sociedade Brasileira de Diabetes

Confira o o estudo da JAMA: http://adrianamoretti.com.br/wp-content/uploads/2020/03/estudo-jama-diabetes-coronavirus-italia.pdf